25.9.15

Campanha paleontológica 2015 em Cambelas (Jurássico Superior, Portugal)

Foto de João Barrinha

Na semana estivemos mais uma vez de escavação, e mais uma vez no Jurássico Superior Português. Nos últimos anos temos tido a possibilidade de dedicar algum tempo em Torres Vedras, mais precisamente numa jazida localizada em Cambelas (São Pedro da Cadeira, Torres Vedras). Os primeiros trabalhos paleontológicos neste local tiveram início no ano de 2003, com mais duas intervenções em 2011 e 2014. Em pleno Setembro realizámos a quarta campanha nesta jazida que resultou na recolha de dezenas de ossos.

Em 2014, esta jazida deu que falar nos meios de comunicação social (ver nota no Diário de Notícias) sendo caracterizada pela presença de diversos grupos faunísticos com destaque para presença de duas acumulações que podem representar dois indivíduos diferentes, um dinossáurio saurópode aparentado com o género Camarasaurus (identificado no ano 2003) e um estegossáurio, que poderá representar um individuo do género Dacentrurus (identificado na campanha do ano passado). Apesar de estes dois indivíduos terem sido identificados em campanhas anteriores, durante esta escavação foram recolhidos mais elementos pertencentes a estes dois animais, assim como de dinossáurios terópodes e um outro dinossáurio do grupo Theryophora e distinto ao género Dacentrurus, crocodyliformes e plantas.

Foto de João Barrinha

Como habitualmente, os trabalhos paleontológicos foram dirigidos pela Sociedade de História Natural (Torres Vedras) e pelo Grupo de Biologia Evolutiva UNED, e contaram ainda com a presença de investigadores e estudantes da Universidad Autónoma de Madrid, Instituto Don Luís (FCUL) e Universidade de Coimbra.

No hay comentarios: