16.9.15

Os gigantes de Teruel também estavam em Portugal



Em 2009 chegaram as primeiras notícias sobre a presença de turiassáurios em Portugal. Os turiassáurios são um grupo de dinossáurios saurópodes que foi pela primeira vez identificado em 2006, com a descoberta de Turiasaurus. Nesse momento, Turiasaurus foi proclamado como o maior dinossáurio descoberto em território europeu. Outras espécies também foram consideradas membros de este grupo, como é o caso de Losillasaurus (Valência) descoberto em 2001 e Galveosaurus (Aragão), establecido em 2005.

Recentemente, tivemos a oportunidade de publicar na revista Historical Biology um estudo sobre dentes de saurópode relacionados a Turiasauria e encontrados nos sedimentos do Jurássico Superior da Bacia Lusitânica. Este estudo, liderado por Pedro Mocho (GBE/UAM/SHN), contou com a contribuição de investigadores do Grupo de Biologia Evolutiva UNED, Sociedade de História Natural, FCPT Dinópolis, Instituto Dom Luíz (FCUL), Universidad Autónoma de Madrid e da Fundación Conjunto Paleontológico de Teruel. Vários dentes fósseis em forma de coração encontrados na região de Torres Vedras, Lourinhã, Peniche entre outras localidades foram aqui descritos de forma detalhada. A descrição destes dentes permitiu identificar uma importante variabilidade morfológica, provavelmente posicional, neste grupo de saurópodes característico do Jurássico Superior Ibérico.

Padrão temporal em dentes de Sauropodomorpha 

Depois das primeiras ocorrências de turiassáurios em Portugal e da publicação de um novo turiassáurio encontrado em Vale de Pombas (Lourinhã), este estudo confirma que este grupo seria particularmente abundante no Jurássico Superior da Bacia Lusitânica.

--------
Referência: